A vacina contra a gripe está liberada para aplicação em crianças de até 12 anos em Santa Catarina.

 

A ampliação da faixa etária ocorre em virtude da antecipação da circulação dos vírus respiratórios no Estado e do aumento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza em crianças dessa faixa etária. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), 80% das internações de SRAG por influenza estão nas faixas etárias de zero a 12 anos e acima de 60 anos.

Com a ampliação, a vacina contra a gripe passa a ser liberada para todas as crianças com idade entre seis meses a 12 anos. Antes, a dose só era liberada para crianças até cinco anos. A aplicação de doses nas pessoas dos demais grupos prioritários, como idosos com 60 anos ou mais, pessoas com comorbidades e deficiência permanente, trabalhadores da saúde, professores, entre outros, permanece sem alteração.

 

A campanha de vacinação contra a gripe começou no dia 25 de março em todo o Estado de Santa Catarina e segue até o dia 31 de maio. É necessário alcançar a cobertura vacinal recomendada pelo Ministério da Saúde (MS) de 90%. Até o momento, segundo o painel de doses aplicadas, Santa Catarina está com uma cobertura vacinal de 29,90%.

 

Intervalo

 

A vacina oferecida na rede pública de saúde previne os principais vírus influenza presentes no Brasil, que são o influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e o vírus influenza B. No entanto, a proteção só ocorre de duas a três semanas após a aplicação da dose, por isso, a Secretaria de Estado da Saúde alerta para a importância de se vacinar o quanto antes para evitar casos graves, hospitalizações e mortes por gripe. Importante ressaltar que crianças que vão receber a vacina pela primeira vez devem tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias. Para aquelas que também estão na faixa etária para aplicação da vacina contra a dengue, que é de dez a 14 anos, o intervalo recomendado entre as doses da gripe e da dengue deve ser de 24 horas.

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte/Foto: Diário do Sul