Tubarão decretou situação de emergência na manhã deste sábado (7). Por volta das 11h, o nível do rio que corta a cidade já estava em estado de alerta, a 3,96 metros acima do nível do mar, segundo dados da Plantar Agronomia.

Em um período de apenas 12 horas choveu cerca de 120 mm, o que corresponde à media do mês inteiro e o município já registra ocorrências de deslizamentos e alagamentos.

O coordenador da Defesa Civil, Anderson Martins, informou que o cenário é muito parecido com o registrado em maio de 2022.

Ele alerta para que pessoas que moram perto do rio e afluentes, e que foram atingidas pela enchente do ano passado, elevem os móveis, saiam de casa e procurem um dos abrigos oferecidos pelo município.

Os bairros mais críticos são Madre, Bom Pastor, Fábio Silva, Dehon, São Martinho, São Bernardo, Revoredo, São João, KM 60.

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui.

Fonte/Foto: Sul Agora