Nesta terça-feira (21) inicia o funcionamento do sistema de bicicletas elétricas compartilhadas em diferentes pontos de Florianópolis. A iniciativa de mobilidade já tem 15 estações instaladas e 100 itens disponíveis ao público.

De acordo com a Prefeitura de Florianópolis, o número de bicicletas deve ser ampliado ao longo dos meses. O sistema funciona de forma digital, com o desbloqueio do equipamento através de um aplicativo mobile.

Os usuários podem escolher o item que será alugado de acordo com a frequência de uso: avulsa, diária ou mensal.

O serviço de aluguel das bicicletas elétricas é ofertado pela empresa Tembici, com patrocínio da Estácio. A proposta de implantação detalha o total de 500 bicicletas espalhadas em 50 estações, incluindo Centro e no entorno da UFSC.

“O novo serviço representa um incentivo para a mobilidade ativa em Florianópolis, podendo também ser uma alternativa amigável para o meio ambiente”, defende o prefeito Topázio Neto.

Características das bicicletas elétricas

  • Pedal assistido com bateria com a capacidade de 100 km de autonomia;
  • Material da carenagem composto por plástico de origem renovável e desenvolvido dentro da lógica de economia circular;
  • Correia, em substituição de correntes, aumentando a praticidade de pedalar e eliminando a utilização de óleo lubrificante;
  • Ausência de câmara de ar, o que evitará a interrupção de viagens por pneu furado e reduzirá significativamente a quantidade de resíduos gerada;
  • Rodas com raio rígido e reforçado, tornando o modal mais resistente a terrenos acidentados;
  • Laser lateral que sinaliza a distância que os veículos terão que manter em relação à bicicleta.

Confira os planos disponíveis

Avulso – R$ 3,00 | Desbloqueie a bike por R$ 3,00 e + R$ 0,20 por minuto extra pedalado.

Diário – R$ 4,90 | Até duas viagens de 15 minutos por dia + R$ 0,10 por cada minuto extra pedalado.

Mensal – R$ 24,90 | Até duas viagens por dia de 30 minutos cada, todos os dias do mês + R$ 0,10 por cada minuto extra pedalado.

 

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte: ND | Foto: PMF/Divulgação/ND