Simples Assim! Saúde

Formada em enfermagem e obstetrícia. Especialização em MTC, naturopatia, emergência, obstetrícia, saúde publica e UTI.
Com muitos anos dedicados a profissão, coleciona muitos amigos e pacientes que já foram atendimentos pela mesma.

ESTRÉIA 

Agradeço o convite para participar deste novo projeto da Cidade Amiga FM. Semanalmente irei falar sobre assuntos relacionados a área que trabalho a muitos anos, da saúde. Defini o nome da coluna como,  “simples assim! saúde”,  pois os conteúdos serão todos referentes à saúde ou doenças.

 

REUMATISMO 

Em tempo de pandemia mundial vamos falar um pouco sobre o que nossos pais chamavam de Reumatismo,  que é um termo genérico mas que abrange mais ou menos 108 enfermidades. Afeta pessoas de todas as idades: crianças, jovens, adultos e idosos. Atinge 10% da população e 100% das pessoas com mais de 60 anos. São as doenças reumáticas que mais afastam trabalhadores de suas atividades e a terceira causa de aposentadoria por invalidez.

 

TIPOS

As doenças reumáticas mais frequentes são: artrose (famoso bico de papagaio), bursites, tendinites, dores na coluna, fibromialgia, osteoporose ciática, artrite reumatoide, poli artrite, reumatismo psoriático e outras síndromes em crianças como síndrome de felty, de strögren e outras. Há também as mais raras que se não tratadas podem levar à morte, tais como: lúpus eritematoso, escarlatina e vasculites. Estas doenças devem ser tratadas pelo reumatologista.

 

SINAIS E SINTOMAS

Os sinais e sintomas são principalmente calor, calafrios, sensação de rigidez, temperatura elevada e fraqueza. Estas reações podem durar semanas. A dor a inquietação e a febre conduzem o doente à uma situação angustiante. O paciente sente fraqueza palidez, pode ter inflamação na membrana que reveste o coração e ou do musculo cardíaco (em crianças estes sintomas podem passar despercebido), além disso podem afetar os pulmões e a pele.

 

TRATAMENTO

O tratamento pode ser feito com:

Terapia alopática – uso de antibióticos, analgésicos, anti-inflamatórios, corticoides.

Terapias fitoterápicas – produtos e ou plantas medicinais.

Terapias homeopáticas, acupuntura, fisioterapia, exercício físico, dietoterápica (manter o peso é indispensável) , geoterapia e outros.

Essas técnicas devem ser usadas logo no inicio da doença para evitar complicações como atrofia muscular e anquilose. Devemos lembrar sempre que ter alimentação saudável (o mais natural possível), exercícios físicos, sorrir, manter a calma, tomar sol, exercer atividade que lhe causa prazer, evita muitas doenças principalmente as reumáticas. A saúde é nosso bem maior. Abraço fraterno e até a próxima.

 WhatsApp
x
 
x
 
x
 
x
 
x
 
x
 
x
 
x
 
x
 Contact us
x
Submit
Email is incorrect
Thank you for your message!