A Rede Feminina de Combate ao Câncer – RFCC,  foi criada em 6 de maio de 1961 em Florianópolis, e hoje está presente em 72 cidades do Estado. É uma organização sem fins lucrativos e de utilidade pública, que visa à orientação e prevenção do câncer, principalmente do colo do útero e de mama.

Em Armazém, a instituição conta com 32 voluntárias, que estão empenhadas em promover palestras, oficinas de artesanatos e bazar, para angariar recursos para proporcionar as mulheres com câncer, exames, assistência de psicólogo, nutricionista e médicos.

Com a documentação tudo conforme a lei, desde o último dia 08 deste mês, a sede da entidade está aberta diariamente para atender as pessoas interessadas em participar do movimento. O atendimento nas segundas, quartas e sextas é das 08:30h às 11:30h e nas terças e quintas das 13:30h às 17:00h, na Rua Manoel Pereira, n 152, no cento da cidade.

Além disso, a Diretoria criou um número de WhatsApp para facilitar a comunicação das mulheres com o projeto, (48) 9.9678-3974.

Maria Terezinha e Cláudia durante a entrevista de hoje (18).

Durante o programa “A Voz da Comunidade” desta sexta-feira (18), conversamos com a Presidente e a primeira Secretária da Diretoria Executiva da entidade, a Maria Terezinha Philippi Nascimento e Cláudia Regina Philippi Rodrigues.

“Desde o primeiro dia de atendimento, dividimos nosso grupo de voluntárias em 06 setores entre eles: Recepção – Apoio – Bazar, Artesanato e Brechó – Social – Orientação e Prevenção. Cada um dos setores estão organizando os trabalhos para esse ano,” explica Maria Terezinha.

E completa: “Já temos uma rifa solidária que está sendo vendida pelas voluntárias da RFCC. Para colaborar, basta procurar uma das nossas voluntárias ou passar na nossa sede. Cada bilhete custa R$ 10,00,” finaliza ela.

O sorteio da rifa será dia 09/03/2022, na sede da instituição.

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp, e receba informações atualizadas diariamente. Acesse https://chat.whatsapp.com/JQZysrKFwjxHrDeme9FV