• 12/05/2021
  • digitalmash
  • 0

Em virtude do comunicado emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na noite desta segunda-feira (10), a Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES/SC), por precaução, decidiu suspender temporariamente a vacinação contra a covid-19 de gestantes em todo o estado.

A SES/SC aguarda o pronunciamento oficial do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e da Anvisa para orientar as equipes de imunização sobre a continuidade da vacinação das gestantes contra a covid-19 em Santa Catarina“, explica a nota divulgada na manhã desta terça (11).

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a suspensão imediata do uso da vacina contra covid-19 da AstraZeneca em gestante na noite dessa segunda. A vacina foi desenvolvida pela farmacêutica anglo-sueca em parceria com a Universidade de Oxford e, no Brasil, ela é produzida pela Fiocruz. Em alguns estados brasileiros, o imunizante vinha sendo usado em grávidas com comorbidades, como em Santa Catarina.
Em nota enviada ao jornal Folha de S. Paulo, o Ministério da Saúde disse estar investigando a morte de uma grávida no Rio de Janeiro após vacinação com o imunizante da AstraZeneca. Um segundo caso teria ocorrido na Bahia, mas esse não estaria sendo investigado.

Cabe ressaltar que a ocorrência de eventos adversos é extremamente rara e inferior ao risco apresentado pela covid-19. Neste momento, a pasta recomenda a manutenção da vacinação de gestantes, mas reavalia a imunização no grupo de gestantes sem comorbidades“, disse o ministério.

Fonte: Sul Agora