O plenário da Assembleia Legislativa vai votar a admissibilidade da criação do auxílio emergencial para enfrentamento das consequências econômicas provocadas pela pandemia de Covid-19. O fato foi definido após a aprovação da medida provisória que cria o programa “SC Mais Renda” pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Parlamento na manhã desta terça-feira (8).

Relatado pelo deputado Valdir Cobalchini (MDB), o texto define dois grupos para recebimento do auxílio. Um deles é formado pelas famílias identificadas na base estadual do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico) e o outro para trabalhadores e trabalhadoras que tenham perdido emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021. Ao total, serão pagas três parcelas de R$ 300,00 para cada beneficiado.

Na avaliação do deputado José Milton Scheffer (PP), líder do Governo na Alesc, o projeto “vai abraçar quem mais está sendo penalizado durante a pandemia”. Segundo ele, serão R$ 60 milhões que devem atender até 65 mil pessoas.

 

Fonte: Alesc
Foto: Daniel Conzi

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp, e receba informações atualizadas diariamente. Acesse https://chat.whatsapp.com/JQZysrKFwjxHrDeme9FVn