A semana deve ser marcada por elevados volumes de chuva e risco de tempestades na região Sul do Brasil com destaque para o SW do PR, Oeste, Meio Oeste, Serra e Litoral Sul de SC e Metade Norte do RS com acumulados que podem variar entre 150/250 mm e pontuais acimada dos 300 mm. A chuva deve marcar presença ao longo da segunda a quinta-feira (10 a 13/07) com intensidade fraca a moderada e de forma forte a torrencial em alguns momentos.

CAVADO: Durante a sequência desta segunda e terça-feira, tem previsão de temporais (chuva forte, trovoada, granizo e ventania) com uma certa frequência devido o aprofundamento de um cavado (baixa pressão alongada) somado ao intenso fluxo de ar quente e úmido proveniente da Floresta Amazônica e perturbações baroclinicas nos níveis intermediários da troposfera.

CICLONE: Ao longo da quarta e quinta-feira o cenário é mais preocupante com formação e intensificação de Ciclone Extratropical continental, potencializando diversas áreas de instabilidades convectivas provocando CHUVAS VOLUMOSAS E PONTUAIS TEMPESTADES SEVERAS (chuva torrencial, raios, granizo, vendavais acima dos 100 km/h). A atmosfera estará extremante volátil e muito instável com potencial para eventuais episódios de tornados e microexplosões em “pontos isolados”. Risco de alagamentos, enxurradas, deslizamentos de terras (movimento de massa). Atenção com as áreas ribeirinhas e os rios (enchente relâmpago).

O forte gradiente de pressão e temperatura do ciclone, deve proporcionar ventos fortes com destaque para o setor Leste. Vento de sudoeste/sudeste com rajadas fortes na ordem de 80/100 km/h entre a Grande Florianópolis, Litoral Sul e algumas áreas do Planalto Sul e NE do RS. Mar grosso e agitado com ressaca com altura de ondas acima de 3 a 5 m. Evitar a navegação.

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte/Foto: Piter Scheuer – Ronaldo Coutinho