Em todo o país manifestações estão sendo organizadas por diversas entidades, para este feriado de terça-feira, 7 de setembro, sendo que os caminhoneiros também estão mobilizados para protestos em forma de bloqueio nas rodovias.

Na região sul, os atos iniciam a partir das seis horas da manhã, seguindo com passeata no período da tarde, com manifestantes das regiões de Araranguá, Maracajá e de outras localidades.

Conforme um dos líderes do movimento aqui na região, Jair Ferraz, a paralisação e os bloqueios não tem data para acabar. “A categoria estará se manifestando em prol de um Brasil melhor. Convidamos todos a virem para a rua”, diz ele, que atuou por 22 anos como caminhoneiro.

Pontos de bloqueio

Os pontos de bloqueio na região devem ocorrer em Maracajá, Araranguá, Sombrio, Santa Rosa do Sul, São Cristóvão do Sul, Três Cachoeiras. Conforme Ferraz, só devem passar carga viva, produto perecível e veículos de emergência.

Na região de Joinville, haverá pontos de bloqueio nos municípios de São Francisco do Sul, Porto União, Papanduva, Guaramirim, Garuva, Mafra, Canoinhas e Itajaí. Na região de Florianópolis irá abranger Palhoça e Biguaçu.

Ferraz garante que será uma paralisação pacífica. “Não concordamos com violência, queremos apenas que as autoridades saibam que o brasileiro não está adormecido. O povo deve vir para a rua, os agricultores com suas máquinas, todos devem sair do comodismo. A luta é de todos. Pela nossa liberdade de expressão. Não será uma paralisação política, mas em prol de nosso país”, finaliza.

 

 

 

Fonte: Portal Litoral Sul 

Foto: Arquivo 

 

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp, e receba informações atualizadas diariamente. Acesse https://chat.whatsapp.com/JQZysrKFwjxHrDeme9FVn