O trecho da BR-101 entre as cidades de Porto Belo e Balneário Piçarras, no Litoral Norte catarinense, conhecido pelo fluxo intenso de veículos, especialmente na temporada de verão, ganhará uma “terceira faixa”. O acostamento da rodovia será liberado para tráfego durante os meses de dezembro e março em ambos os sentidos.

A medida foi anunciada pela AMFRI (Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí), que esteve em reuniões em Brasília (DF) junto com a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Arteris Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia, e a PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Nesses encontros, ficou ajustada a liberação dos acostamentos como criação de uma terceira faixa, entre o final do mês de dezembro e a última semana do mês de março. A medida busca minimizar o congestionamento no trajeto na região, que registra trânsito intenso constantemente, situação que se agrava durante o verão.

O trajeto beneficiado com a medida abrange desde a entrada do município de Porto Belo até a divisa entre Balneário Piçarras e Barra Velha, sendo nos dois sentidos, tanto Norte-Sul quanto Sul-Norte. A liberação irá ocorrer diariamente, das 14h às 22h.

Para isso, testes irão acontecer entre os dias 15 e 17 de dezembro com um trecho reduzido, entre Itapema e o trevo da BR-470 em Navegantes. De acordo com a AMFRI, esses testes são necessários para ver como se comporta a liberação, já que a medida envolve investimentos de quase R$ 12 milhões, placas horizontais e verticais por 120 km, além de uma camada de asfalto no pavimento dos acostamentos.

Soluções para trânsito no trecho vêm sendo discutidas entre lideranças locais

“Esta, com certeza, é uma grande vitória para nossa região e mostra união dos prefeitos da AMFRI e a importância do trabalho de forma regionalizada. Agradeço também o esforço da deputada Paulinha e do Senador Espiridião Amin que estão sendo fundamentais”, destacou Paulo Henrique Dalago Muller, presidente da AMFRI e prefeito de Bombinhas.

A liberação do acostamento como terceira faixa faz parte de uma série de medidas descritas no projeto para solucionar de forma definitiva os problemas de mobilidade no trajeto entre Balneário Piçarras e Porto Belo.

“Esse teste trará com certeza um resultado positivo e isso é um passo importante para o desenvolvimento da nossa região. Essa medida é paliativa, mas já ajudará muito o trânsito nesse trajeto e servirá como um salto para que as próximas medidas também sejam aprovadas”, complementou o prefeito de Navegantes, Libardoni Fronza.

 

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte: ND | Foto: Prefeitura de Penha/Divulgação/ND