A Polícia Civil investiga dois casos de agressão sofridos por dois homens na noite de quarta-feira (15), em Tubarão. As ocorrências foram atendidas durante a noite, em locais próximos, no Centro da cidade, mas em horários diferentes. As informações são do jornal Diário do Sul.

Um dos casos ocorreu por volta das 22h20, na rua Tubalcain Faraco. Um morador registrou a ocorrência. Nas imagens, é possível ver ao menos dois homens e uma mulher agredindo um outro homem, que está deitado na calçada, tentando se proteger dos socos e chutes. Um dos agressores segura um objeto, parecido com um pedaço de madeira, e desfere várias pauladas contra a vítima.

Após o crime, o trio se dispersa. A Polícia Militar e o Samu foram acionados por testemunhas. A vítima informou aos militares que vive na rua e que teria sido agredido por pelo menos cinco moradores de rua. O homem foi levado ao Hospital Nossa Senhora da Conceição. O estado de saúde dele não foi informado.

Vítima teve orelha dilacerada, diz PM

A outra agressão aconteceu às 20h25, na Praça Sete de Setembro, também no Centro de Tubarão. Um homem de 42 anos foi encontrado em frente ao Museu Willy Zumblick com um corte profundo na cabeça e uma das orelhas dilaceradas, conforme boletim da PM.

Testemunhas informaram que a vítima havia sido agredida por um grupo de pessoas, que se evadiu do local antes da chegada dos policiais. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conduziu a vítima ao HNSC.

Casos são investigados

Segundo a Polícia Civil, a vítima desse segundo caso não é moradora de rua e seria de fora da cidade, já que o último endereço registrado em nome dela é de Urussanga. O homem também tem antecedentes criminais. A PC informou que as investigações das duas agressões serão conjuntas para verificar se os agressores foram os mesmos.

 

 

Fonte: Sul Agora 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp, e receba informações atualizadas diariamente. Acesse https://chat.whatsapp.com/JQZysrKFwjxHrDeme9FVn