A Marinha do Brasil informou que investiga o emborcamento do barco pesqueiro que afundou na sexta-feira (16) no Litoral de Santa Catarina. Dois dos oito tripulantes da embarcação identificada como “BP Safadi Seif” seguem desaparecidos

A apuração deve ser concluída em até 90 dias, de acordo com o comando do 5º Distrito Naval.

A embarcação pesqueira virou de cabeça para baixo no mar com a última comunicação feita cerca de 40 quilômetros da costa da cidade de Garopaba, no litoral Sul catarinense.

As buscas pelos homens se concentram na área onde as outras cinco vítimas foram encontradas na noite de sábado (17), a cerca de 160 km da costa catarinense. São eles:

  • Alisson da Silva Santos
  • Diego Silva de Brito

 

ERRATA: Inicialmente, a Marinha do Brasil tratava o acidente como um naufrágio. Ao encontrar o barco pesqueiro na segunda-feira (19), no entanto, foi constatado que a embarcação emborcou – ou seja, virou de cabeça para baixo. Este texto foi atualizado.

Homens resgatados chegaram em terra firme — Foto:  Juan Todescatt/ NSC TV

Os cinco homens resgatados foram recebidos por familiares na Capitania dos Portos de Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina, no domingo (18), e foram atendidas por Samu e Corpo de Bombeiros no local

Os sobreviventes estavam flutuando em uma pequena balsa. A Marinha confirmou o resgate e informou que todos estavam em “bom estado de saúde”.

Eles foram identificados como:

  • Domingos Pereira do Rosário
  • Zoel Teixeira Barros
  • Djalma dos Santos Silva
  • Mário Gomes Soares
  • Luiz Carlos Messias da Silva
  • Deivid Luiz Monteiro Ferreira

Localização do último sinal detectado de barco que virou em SC — Foto: Arte/g1

 

Fonte/Foto: G1 Globo, Juan Todescatt.

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui