Na última entrevista do ano, o prefeito Luiz Mendes e o vice-prefeito Guilherme José Heerdt Corrêa, popular Penacho, participaram do programa Informativo 87, para fazer uma retrospectiva sobre os trabalhos desenvolvidos ao longo deste ano na administração municipal.

Segundo o prefeito Luiz Mendes, o primeiro semestre foi marcado pela queda na receita devido à reforma política e orçamentária.

“O segundo semestre foi marcado pelos altos volumes de chuva, não só em Armazém e sim em toda região. Por conta disso, atrasou algumas obras, aumentou os problemas nas estradas, mas em comparação aos municípios vizinhos, Armazém está muito bem ainda”, explica o prefeito Luiz.

E completa: “Se o Governo Federal cumprir com o ressarcimento do FPM e ICMS deste ano em relação ao ano de 2022, fecharemos o ano com dinheiro em caixa”.

Já no quesito obras, foram inauguradas 12 obras e 16 estão em fase de construção ou aguardando para serem inauguradas.

“Até maio do ano que vem, todas serão entregues para a população. Sobre a ponte que liga para comunidade de Vila Nova, estamos aguardando a empresa realizar a pintura para inaugurar”, explica o prefeito.

Sobre a festa do município, a dupla gestora não esconde a alegria devido o sucesso das festividades dos 65 anos.

“O dia foi especial, os nossos 65 anos foram marcados de forma duradoura, muitas pessoas felizes, os artistas que estavam no palco felizes, contagiados com a combinação das luzes, da rua coberta, da praça e da energia positiva da população. Estou realizado com o sucesso do evento, pois desde o inicio da gestão, queria proporcionar isso para os Armazenenses”, diz Luiz.  

Para encerrar o ano com chave de ouro, no dia do município, a cidade recebeu a notícia em que lidera o ranking de produção de peixes a nível estadual, com 3.168t. em 2022.

“Com muita alegria recebemos essa pesquisa, pois a atividade está em pleno crescimento na cidade e isso proporciona aumento da receita e visibilidade”, finaliza Guilherme Penacho.

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte: Redação | Foto: Adinei Corrêa/RCA