Na primeira entrevista de 2024 no programa Informativo 87 desta segunda-feira, dia 08, recebemos o deputado estadual Estêner Soratto Jr, para falar sobre suas ações na Casa Civil, retrospectiva 2023 e eleições municipais 2024. O mesmo veio acompanhado do vice-prefeito municipal Guilherme José Heerdt Corrêa, popular Penacho.

Em uma conversa descontraída, mas com muita responsabilidade nas informações repassadas, o programa durou em torno de uma hora.

Segundo o deputado, o ano de 2023 foi marcado por muito trabalho, principalmente relacionado as aprovações dos projetos na Assembleia.

Terminamos o ano com todos os projetos aprovados. Eram projetos importantíssimos para melhorar a vida do cidadão catarinense. Inclusive alguns deles foram aprimorados pelos deputados”, destaca Soratto.

Na sequência o mesmo destacou alguns projetos, como por exemplo, a reforma administrativa que criou e modificou várias secretarias. Uma delas, foi a criação da Secretaria Estadual do Turismo, sendo que o setor movimenta em torno de 13% da economia estadual. Criação da Secretaria de Portos, Aeroportos e Ferrovias, pois o estado atualmente conta com cinco portos, sendo comparado ao Rio de Janeiro pela quantidade.

Lembrando que toda a reforma foi feita por custo zero, pois foi utilizado o pessoal que já fazia parte do governo estadual. Não teve aumento de despesas”, diz o deputado.

Além disso, após ataques ocorridos em uma creche de Blumenau, foi criado o programa “Escola mais segura”. Já o projeto “PIX” foi modificado e implantado o “TEV”. No formato de repasse aos municípios anterior, os órgãos fiscalizadores não tinham total controle dos recursos repassados.

Mas o ano passado ficou marcado com o início do maior projeto de educação de todo o estado de Santa Catarina, o “Universidade Gratuita” foi uma das principais bandeiras do atual governador no período eleitoral.

“Hoje o filho do pobre pode fazer a faculdade dos sonhos, não somente aquela que a família pode pagar”, enaltece ele.

Já na Casa Civil, o primeiro grande desafio foi terminar a reforma do prédio que já se arrastava por mais de três anos e meio. Após vários ajustes, a obra foi concluída. Quando perguntado sobre sua saída, o deputado rapidamente respondeu.

“Sempre esteve combinado com o governador que no ano de 2024, eu iria retornar à Assembleia para apresentar os meus projetos individuais. Além disso, há uma intenção minha de deixar meu nome a disposição para a eleição deste ano. Por esse motivo deixei o cargo”, explica Soratto.

Com a saída da Casa Civil, o deputado se compromete a estar mais presente no Sul, visitando os municípios e buscando soluções para diversos problemas. Já possui alguns projetos que serão apresentados, como por exemplo, um relacionado aos direitos das crianças que possui deficiência auditiva. Já aos municípios irá se dedicar integralmente aos principais anseios da população. Um dos focos, é a implantação da camada asfáltica na SC 435 entre São Martinho e São Bonifácio.

Após a entrevista, o mesmo seguiu para a Casa Familiar Rural de Armazém para conhecer o trabalho e receber as demandas da atual diretoria da instituição, sendo a única que utiliza a pedagogia de alternância no sul de Santa Catarina.

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte: Redação | Foto: Fhillype Costa/ASCOM