No bairro Gasparinho, no município de Gaspar, no Vale do Itajaí, uma “casa giratória” chama a atenção de quem passa pela região. Edevaldo Rocha é a mente por trás da construção, feita há três anos, por um motivo curioso: uma aposta valendo um barril de chope. O gasparense, que é do tipo de pessoa que adora um desafio, não perdeu tempo e construiu a imponente residência.

“Olha a ideia foi de um genro meu que esteve lá nos Estados Unidos e ele veio de lá e disse para mim que um restaurante girava e a gente via ou olhava para as paisagens diferentes. Eu disse que isso não era difícil de fazer”, disse Edevaldo à reportagem do Portal ND Mais.

Edevaldo contou a ideia para dois amigos, que apostaram um barril de chope na construção da casa giratória. “Aquilo me intrigou, até porque eu gosto de um desafio”.

Não demorou muito para a construção sair do papel. “Por quatro meses, nós rodamos o assoalho e já fizemos a primeira inauguração e fiz eles pagarem o chope e a carne. E aí fomos melhorando o projeto até chegar no que está hoje”.

A casa funciona com 120 rolamentos, caixa redutora e uma engrenagem. O motor elétrico permite que a residência gire 360°. É o morador da casa que escolhe se gira sentido horário ou anti-horário, através de um controle, ou do botão na entrada da propriedade.

O gasparense conta que fez tudo, desde a invenção até execução. Ele contou com a ajuda de outros profissionais. “Eu trouxe um pedreiro para fazer o que era de cimento e um soldador. Não tem projeto de nada, tudo foi feito olhando e pensando”.

 

Participe do nosso grupo de ouvintes no WhatsApp e Telegram, e receba informações atualizadas diariamente.

WhatsApp, clique aqui.

Telegram, clique aqui

Fonte: ND+ | Foto: Marco Aurélio/NDTV